“Meu filho não obedece” – CONFIRA 6 razões do porquê isso acontece!

A obediência

Olá! Tudo bem! Como você já deve ter notado, amo ler blogs de maternidade americanos. Principalmente aqueles que juntam a Bíblia para tratar de assuntos como a maternidade.

E desta vez, adaptei para você um artigo do blog CALLED TO MOTHERING (Marisa), cujo título é “6 razões as quais meu filho não obedece”.

Por que meu filho não obedece?

Todos nós queremos crianças bem comportadas e obedientes, e é tão desanimador e frustrante quando elas não são. Ficamos torcendo as mãos, imaginando por que elas não nos ouvem.

Infelizmente, as razões da desobediência de nossos filhos podem muito bem ser nossa própria culpa.

Sem perceber, nossas ações ou crenças podem realmente ser a causa da rebelião de nossos filhos. Ai!

Nossas expectativas

Seu filho agem como você espera que eles ajam. Se seu filho repetidamente não escuta ou não faz o que você pede, é provável que você o tenha treinado dessa maneira.

Muitos de nós abordam a disciplina com desprezo e tratamos a obediência de nossos filhos como opcional. Ignorar a desobediência direta pode tornar uma criança vulnerável a um espírito contínuo de rebelião. Então, rédea curta!

meu-filho-não-me-obedece

Ao invés de responder você grita

Por uma questão de conveniência, tendemos a ignorar o que consideramos pequenas situações e não lidamos com elas imediatamente.

Eventualmente, no entanto, essas “ofensas menores” aumentam até que tenhamos um problema muito maior.

Então, é mais provável que explodamos de raiva, porque sentimos que o problema cresceu além do nosso controle.

Você pode realizar o que é necessário em um tom sério, sem gritar. Reserve um tom mais agudo quando a obediência imediata for obrigatória (como “PARE! Não atravesse a rua, há um carro chegando !!!”).

Fale em voz baixa ou abaixe a voz e desça ao nível do seu filho para chamar a atenção deles. Olhe nos olhos dele com um olhar sério.

Mantenha contato visual e que eles saibam que você está falando sério.

Você não cumpre o que promete (consequências da desobediência)

Quando protegemos nossos filhos das consequências de suas ações, não estamos fazendo nenhum favor a eles (ou a nós). Poupar-lhes a dor da disciplina ensina-os a não obedecer.

Então eles acabam dando as ordens em nossas casas, o que os leva a se sentirem inseguros e a serem ressentidos por nós.

Diga não com firmeza e não deixe espaço para dúvidas hesitando, sem responder ou abrindo um sorriso. Atenha-se às suas armas quando emitir uma consequência!

Também não permita que eles insistam (isso começa jovem – seja paciente, mas à medida que envelhecem, não siga por esse caminho ou eles o desgastarão).

Você é inconsistente com a disciplina

Se você abordar o comportamento negativo de seu filho apenas 60% das vezes, terá um filho que desobedece mais de 60% das vezes! Por quê? Porque seu filho está contando com você para ser preguiçoso desta vez.

Quando você diz não para uma coisa em particular, sempre diga não para essa coisa. Não seja insolente porque isso confunde as crianças e as faz pensar que você realmente não quer dizer não.

Usar uma consequência diferente todos os dias para o mesmo comportamento também não é uma boa ideia. Consistência exige esforço, mas as recompensas definitivamente valem a pena!

MEU FILHO NÃO OBEDECE. E AGORA?

MEU FILHO NÃO OBEDECE, À LUZ DA CRIAÇÃO COM APEGO!

Não discuta com seu marido perto de seu filho

Se você questiona constantemente as declarações ou sugestões de seu marido ou aponta o que ele faz de errado na frente de seus filhos, isso é um mau exemplo. Seus filhos estão aprendendo que você não ouve o pai deles, então por que eles teriam que ouvi-lo?

Você não acredita na sua autoridade dada por Deus

Em nossa cultura moderna, acreditamos que dar ordem aos filhos é sinônimo de autoritarismo. E justamente por não querer parecer autoritário, a maioria de nós acabam usando frases que começam com:

“Você gostaria …” ou “Você pode agradar …” e, em seguida, seguia “Tudo bem?” até o fim. Esses não são comandos que implicam ação imediata; estas são apenas sugestões. E nossos filhos os tratam como tal.

Mas você não está tentando conquistar amigos, está tentando crescer adultos maduros, piedosos e confiantes.

Chip Ingram diz: “Se seus filhos não aprenderem a obedecer à sua voz – a pessoa que eles podem ver -, como aprenderão a obedecer ao Pai celestial – a quem não poderão ver?”

Você incorpora a segurança e os limites que resultam da submissão a um Pai celestial amoroso. Se tivermos um respeito saudável por Deus e pela autoridade que Ele nos deu como pais, nossos filhos terão um forte senso de segurança e propósito na vida cotidiana.

meu filho não obedece

Gálatas 6: 9 diz: “E não nos cansemos de fazer o bem, pois no devido tempo colheremos, se não desanimarmos”. Raramente é conveniente abordar o comportamento negativo, mas aqui está um segredo dos pais: quanto mais diligente e consistente você for, menos birras, colapsos e desobediência você verá. As apostas são muito altas aqui, e devemos estar dispostos a nos apoiar e fazer o trabalho duro dos pais.

A solução está em nossas mãos. Será?

Após todas as 6 razões meu filho não obedece, e agora? O processo de criação de filhos é longo. E na verdade o resultado de tudo isso só será visto quando eles forem adultos.

Entretanto, informações como esta que a Marisa nos relata em seu blog nos ajuda bastante enfrentar estes momentos com paz e sabedoria. Principalmente sabedora à luz da Palavra de Deus!

Quero saber de você! O que achou deste artigo? Conta pra mim!

 

Inscreva-se AGORA para receber boletins, brindes e descontos exclusivos!

Hellen Xavier Manso

Sou a Hellen, esposa, mãe do Estêvão de 6 anos, dona-de-casa, arquiteta de formação e blogueira por paixão. O blog "integralmente Mãe" nasceu assim que fui demitida (após ser mãe)!! E meu objetivo é gerar conhecimentos através do marketing digital para instigar você a viver com mais liberdade! Liberdade que se traduz em viver a maternidade sem culpa, a conquistar uma vida profissional de sucesso e livre de estereótipos e muito mais! Vem comigo!

Website: https://www.integralmentemae.com

    7 Comentários

    1. Rejane Moreira

      Esse material me aliviou muito. Tava muito frustrada como mãe de pré-adolescente!!! Preciso me reinventar para sobreviver a essa necessidade de ser mãe!!!

    2. Pingback: Como educar filhos sem gritar. É possível? SIM, e através da disciplina positiva!

    3. Iranildes

      Obrigada me ajudou muito,minha filha está muito desobediente só tem 8 anos .creio que Jesus vai fazer o milagre.

    4. Fernanda

      Tenho um filho de 3 anos e está muito difícil conseguir obediência por aqui!
      Nos testa o tempo todo e faz muita birra…. Este post foi muito esclarecedor com todas a dicas…
      Muito obrigada 🙏🏼

    Deixe uma resposta

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.