Mulheres que mudaram de profissão para ficar mais tempo com os filhos

Não há como negar – ser mãe é uma das profissões mais prazerosas e mais difíceis do mundo! Não há férias e nem folgas quando o assunto é ser mãe, muito menos horário! Por isso, é cada vez mais frequentes descobrirmos mulheres que mudaram de profissão para ficar mais tempo com os filhos!

Os fatores que levam a essa drástica mudança são muitos, cansaço, fadiga, culpa, conscientização, necessidade e até mesmo uma profunda insatisfação de como o mercado de trabalho as vezes não entende como é preciso repensar ambos os papeis perante a sociedade.

O fato é que nem sempre é preciso optar pela vida profissional ou pela maternidade – na verdade conciliar ambas as condições são absolutamente possíveis e viáveis.

Tudo que é necessário é uma boa pitada de vontade, amor, instinto maternal e criatividade.

Se você se enquadra em um cenário onde vai ser ou já é mãe, mas não se sente plenamente satisfeita com a forma que dispõe seu tempo para ambas as situações e está querendo mudar essa história, saiba que poderá se inspirar com histórias de outras mulheres que realizaram esse sonho!

No decorrer dos meses de gestação, é comum que as mães procurem se planejar  acerca de  como será a nova rotina quando o bebê vier ao mundo! Fatores como organizar a licença maternidade e até mesmo se preparar junto com seus outros familiares para uma mudança bastante substancial em suas vidas – mas, é comum também ouvirmos mulheres que mudaram de profissão para ficar mais tempo com os filhos!

Na realidade, isso está se tornando mais comum do que eventualmente muitas pessoas possam imaginar!

A rotina corrida, o âmbito profissional cada vez mais exigente e a forma como precisamos  lidar com todos os pontos de uma vida moderna agitada e que exige tanto do nosso tempo acaba fazendo com que mulheres passem a refletir sobre o caminho que poderão seguir posteriormente.

Isso porque por mais que haja um foco grande em se planejar e deixar tudo o mais organizado possível durante a gestação, nem sempre isso dá essencialmente certo! – Aí o bebê nasce e parece que tudo simplesmente vira de ponta cabeça!

Os meses da licença maternidade parecessem simplesmente voar e quando a mamãe se dá conta já é hora de voltar ao trabalho – e é nesse momento que a mulher se sente pressionada a tomar uma grande decisão em sua vida!

Mulheres que mudaram de profissão para ficar mais tempo com os filhos

Conheça mães que deram a volta por cima e mudaram os rumos da sua vida profissional em nome da maternidade!

Claudiana Costa era uma excelente administradora de uma importante empresa de convênio de saúde! Por mais que a sua rotina fosse extremamente corrida e quase que praticamente focada no trabalho, tudo parecia ok para ela, até que quando fez 40 anos ela engravidou!

Ela conseguiu seguir trabalhando até o quinto mês de gestação – isso porque ela teve algumas complicações e não se sentia apta a continuar trabalhando nos meses seguintes. Nesse tempo de gestação final, ela sempre procurava pensar como seria conciliar a carreira com a maternidade – isso porque ela não queria deixar o bebê de 4 meses na creche enquanto estivesse trabalhando. “Eu não fiquei me lamentando e nem desesperada, minha primeira atitude foi começar a fazer diversas pesquisas sobre trabalhos que pudessem ser feitos de casa, só que nada me despertava interesse e nem mesmo credibilidade!”

Claudiana lembra que chegou a ficar desmotivada e insegura, até que um dia conversando com uma amiga descobriu uma oportunidade para fazer recrutamento de pessoas para pesquisa de mercado – e foi aí que ela teve um estalo!

“Não pensei duas vezes! Hoje a Julia fará 3 anos de idade e desde o segundo mês de vida dela eu consigo trabalhar de casa e dou conta de tudo. Na verdade eu consigo lidar com a vida profissional e com a maternidade da forma que sempre sonhei. Quem diria que eu faria relatórios vendo desenho animado do lado da minha filha?”, brinca.

Claudiana realiza reuniões por meio de vídeo conferencia e dificilmente precisa sair de sua casa – “Eu consegui realmente mudar a minha vida em 360º e tenho até mesmo um salário bem melhor do que o que tinha no emprego anterior. Tenho muito orgulho de ter mudado a minha vida assim que descobri a gravidez e de ter tido coragem de fazer isso!”.

Já a Viviane Alencar, 38, teve que mudar sua trajetória por conta de um grande susto! “Eu complicações durante a minha gravidez e na época era produtora de eventos. Meu erro foi insistir no trabalho o máximo que pude até que comecei a ter fortes crises de ansiedade e percebi que estava afetando a minha gravidez por teimosia. Queria dar conta de tudo, quando na verdade eu tinha que priorizar a mim e ao meu filho!”

Viviane lembra que não teve muita compreensão por parte dos gestores da agência que trabalhava, e por ser PJ as negociações nunca eram de fato justas – “Eles queriam que eu tivesse apenas 2 meses de licença maternidade, isso me deixou desesperada. Não conseguia parar de pensar como eu poderia deixar meu bebê com outra pessoa ou numa creche ainda tão pequenino e precisando tanto de mim”

Viviane travou uma batalha judicial com a antiga agência que trabalhava e ganhou por uma série de acusações e fatores e com o dinheiro ela decidiu investir no próprio negócio. “Hoje tenho meu próprio negócio! Junto com a minha irmã criamos uma loja virtual de roupas criadas por nós duas, algo que juntas sempre amamos fazer e que descobri ser a grande paixão da minha vida” e ainda completa “tenho tempo para estar com o meu filho, cuidar da minha saúde e ainda me dedicar a uma carreira, nada poderia ser melhor”.

O pequeno Márcio agora tem 2 aninhos – “ele é a razão da minha vida e nem tem noção de como ele me ajudou a me encontrar e me entender. Talvez eu precise mais dele do que ele de mim”, comenta.

Essas são algumas das muitas mulheres que mudaram de profissão para ficar mais tempo com os filhos – e você? Se inspirou?

Texto produzido por Bebês e Crianças

Inscreva-se AGORA para receber boletins, brindes e descontos exclusivos!

Hellen Xavier Manso

Sou a Hellen, esposa, mãe do Estêvão de 6 anos, dona-de-casa, arquiteta de formação e blogueira por paixão. O blog "integralmente Mãe" nasceu assim que fui demitida (após ser mãe)!! E meu objetivo é gerar conhecimentos através do marketing digital para instigar você a viver com mais liberdade! Liberdade que se traduz em viver a maternidade sem culpa, a conquistar uma vida profissional de sucesso e livre de estereótipos e muito mais! Vem comigo!

Website: https://www.integralmentemae.com

    Deixe uma resposta

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.