Fralda: dicas preciosas sobre ela, que você precisa muito saber!

Fralda!

Como não se preocupar com o item mais utilizado nos primeiros 24 meses de vida do seu filho! E a quantidade delas impressiona. É bom ir se acostumando, mas também pode se tranquilizar que logo passa, e você sentirá saudades de quando seu filho já não precisará mais de fralda, se comportando como uma criança crescidinha. Veja abaixo a quantidade de fraldas que uma criança usará aproximadamente até o desfralde.

Nos primeiros dois meses o bebê evacua praticamente a cada mamada, o que aumenta a quantidade de trocas de fraldas. Esta evacuação recorrente vai normalizando a medida que o bebê cresce e até mesmo vai se alimentando de outros alimentos diferentes do leite materno. A quantidade de trocas é a mesma independente do tipo de fralda que você optar em usar no seu bebê. Isso mesmo, tipo de fralda! Além da descartável comum há quem use outros modelos de fraldas como a de pano que veremos logo mais.

Fralda de pano (MODERNA)

Pode parecer que voltamos à idade das nossas avós, mas as fraldas de pano voltaram, mas melhoradas! Por que pra dar certo precisa ter praticidade para as mamães não é mesmo? Então, a fralda de pano moderna é bem diferente da fralda de algodão dobrada e presa ao alfinete que você deve estar imaginando!

Estas fraldas ressurgiram na onda do “ecologicamente correto”, já que a fralda descartável que conhecemos leva cerca de 500 anos para se decompor. Muitos acabam questionando a real sustentabilidade dela devido ao fato de lavar a fralda para reutilizá-la. Esta fralda funciona com uma capa impermeável que muitas vezes é vendida em estampas e cores lindas. E por dentro da capa o absorvente, que pode ser em diversos materiais, e há aqueles com alto grau de absorção, garantindo que o xixi fique apenas na fralda. Há muitas marcas, modelos e preços dessas fraldas. Segue algumas marcas de grande confiança no mercado nacional, a Morada da Floresta e a Fraldas dipano.

Infelizmente não tive oportunidade de testar. Quando fiquei sabendo dessas fraldas e me interessei por elas o Estêvão estava no desfralde. Aí não valia mais a pena. Mas eu não tenho dúvidas que, em uma nova gravidez eu certamente usaria fraldas de pano modernas no meu filho. Pode ser que eu também use a descartável. Mas o fato é que, mesmo que a fralda de pano demande um certo “trabalho” para lavá-la e justamente por isso não seja considerada sustentável por muitos, a economia financeira obtida é muito grande.

Assaduras

Elas aparecem quando a frequência de troca de fralda é pequena, e o bebê permanece muito tempo com a fralda molhada em contato com a sua pele. Por isso que independente do tipo de fralda utilizada, a recomendação é que a troca seja feita a cada três horas. E preferencialmente use algodão e água morna (lembram quando mencionei aqui que eu usava garrafa térmica com água pra isso?). Há diferentes opiniões quanto a usar sempre um creme dermatológico preventivo para assaduras ou não. Eu não usava, todavia através de minha própria experiência que fui adquirindo, quando eu observava que o bumbum do Estêvão estava ficando vermelho, eu já usava imediatamente o creme dermatológico para tratar a assadura (ao invés do creme para prevenir). Ressaltando que nas meninas, a limpeza deve ser feita de frente para trás, nunca ao contrário, afim de evitar infecções urinárias.

Desfralde

A criança deixa as fraldas. Não somos nós quem tiramos as fraldas dela. A partir dos 2 anos ela vai adquirindo todo amadurecimento necessário para ir deixando as fraldas aos poucos. E você irá perceber quando fraldas sujas incomodarem seu filho, quando ele já avisa que quer fazer xixi, desenvolvendo até mesmo consciência corporal e começa a alertar a todos sobre as sensações e dores sentir vontade de evacuar/fazer xixi. Há crianças que chegam aos três anos usando fraldas. Completamente comum e normal. Pediatras alertam que a autonomia para fazer xixi é adquirida mais facilmente e primeiro. Evacuar (fazer cocô) pode demorar mais um pouco, e é tolerável até os quatros anos. Por aqui tivemos problemas com constipação intestinal (aqui), o que de certo modo atrapalhou o processo de desfralde do Estêvão.

Espero ter tirado todas as dúvidas em relação às fraldas. Tem experiência com a fralda ecológica? Diga nos comentários?

 

 

SEJA BEM VINDA AO MELHOR MOMENTO DA SUA VIDA! ASSINE NOSSA NEWSLETTER!

Hellen Xavier Manso

Sou a Hellen, esposa, mãe do Estêvão de 5 anos, dona-de-casa, arquiteta de formação e blogueira por paixão. O blog "integralmente Mãe" nasceu assim que fui demitida (após ser mãe) e neste momento me descobri empreendedora digital e o blog "Integralmente Mãe" nasceu! Desde então, eu busco influenciar as mamães a optarem por melhores escolhas no exercício da maternidade. E ainda a empreenderem em casa ou em qualquer lugar! Por que é somente com esta liberdade que conseguiremos curtir de verdade nossa família e filhos!

Website: https://www.integralmentemae.com

    3 Comentários

    1. Compartilhei já esse Post com uma amiga que tá grávida e ele precisava saber dessas dicas … Bom que já aprendi também … Arrasou

    2. Essas fraldas de pano são maravilhosas né? Conheci as fraldas de pano através de uma blogueira que eu sigo. Quando eu tiver um bebê, vou só usar esse tipo de fralda, além de econômica ela é ecologicamente correta! Acho um arraso 🙂

    3. Letícia Olegario

      Adorei essas dicas, ainda não sabia dessas informações sobre frauda, mas cada detalhe explicado é muito importante e vou indicar a uma amiga que está gestante . No momento não penso em filhos , mas vou levar e utilizar essas dicas um dia .
      Beijos Bella Página

    Deixe uma resposta

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.