Métodos para acabar com a birra infantil – 4 dicas comprovadas !

Métodos para acabar com a birra infantil. Existem?

Segundo a revista americana Parents, especialistas norte-americanos sugerem quatro ideias simples para transformar qualquer crise de birra em um momento de aprendizado. São métodos para acabar com a birra infantil!

É óbvio quando pensamos que toda criança deve ser educada para entender que a birra não é a solução dos problemas. Eu sempre, mas praticamente sempre (é raro eu perder a paciência rs) conto até dez antes de ficar tensa em momentos típicos de birras.

SAIBA NA ÍNTEGRA COMO E PORQUE SURGEM AS BIRRAS INFANTIS

Descobri essas dicas através da revista Pais&Filhos que republica algumas reportagens da revista americana Parents aqui no Brasil.

Coincidência ou não, eu já havia testado e comprovado todas as dicas sugeridas. Aliás, sem esforço algum, as sugestões que mostrarei fazem parte da minha rotina com Estêvão. Vamos às dicas:

1- Ofereça espaço ao seu filho

Sabe aquele momento que nós adultos ficamos frustrados e queremos apenas manifestar que não estamos feliz, não estamos satisfeitos com algo? Este é o espaço crianças precisam.

Desde que não se machuquem ou destruam nada, é necessário ter e gastar um tempo para se acalmar. Com o passar dos anos (logo, logo), repetindo essas atitudes, elas aprenderão que a vida é cheia de frustrações, que não dá para evitá-las.

Aqui em casa, para contribuir que exista este espaço (as vezes meu filho briga, chuta, quer destruir mesmo algo) eu conto até dez. Seguro nas mãozinhas dele e começo a contar. Como no desenho animado do Daniel Tigre.

2- Momento de distração

Tente distrair a criança, tirando o foco da birra. Pode ser um brinquedo, uma imagem na cidade, qualquer coisa mesmo. O interessante é que com a experiência que vai se repetindo, você já consegue prever a futura birra, evitando que ela aconteça!

Leve na bolsa até o que já “surte” mais efeito, prevendo ou até mesmo evitando que a birra aconteça. As crianças se concentram em único assunto é muito pouco tempo, daí é muito fácil provocar uma distração.

3- Converse

Tente ouvir o que seu filho vai dizer com a frustração que está passando. Tenha ouvidos atentos, paciência, muita empatia, voz suave e tranquila para atendê-lo.

Logo seu filho vai perceber que a birra não está lhe atingindo e isso vai ajudar você a manter a cabeça no lugar. Note que se sua voz tiver alterada, nervosa, gritada o efeito é o contrário. Lembre-se que a maneira como nós, adultos agimos diante da birra é o que importa.Para ser mãe, trabalhar , ser mulher, dar conta de muitas coisas, é preciso aprender a organizar o seu tempo, a priorizar as tarefas e as pessoas. (2)

4- Abraços

Eu sei que abraçar será a última coisa que você vai querer fazer em momentos tensos assim, mas esse gesto ajuda muito a criança se acalmar.

Eu faço muito isso aqui com Estêvão. Ele está frustrado querendo algo impossível e eu simplesmente o abraço. Converso calmamente, procuro compreender que o que ele queria é muito importante para ele (mas como não vou ceder a birra, meu filho perceberá que a birra não está me atingindo!).

E depois o distraio com alguma coisa, pode ser até uma comida. Enfim como você percebeu, após abraçar eu usei as dicas mencionadas anteriormente.Métodos para acabar com a birra infantil

Todos estes métodos para acabar com a birra infantil são eficazes, mas quando se trata de ser humano, nada pode ser garantido cem porcento não é mesmo?

O segredo para eficácia deste método está certamente embasado na consciência que os pais devem ter a respeito da fase que seu filho se encontra.

A disciplina positiva oferece grandes meios para obter esta consciência, gerar empatia, amor, perdão, paciência, doação.

E a verdade é que a receita que funciona com todas as criança não existe, mas certamente os caminhos descritos aqui, irão garantir mais momentos de alegria e paz em família.

SEJA BEM VINDA AO MELHOR MOMENTO DA SUA VIDA! ASSINE NOSSA NEWSLETTER!

Hellen Xavier Manso

Sou a Hellen, esposa, mãe do Estêvão de 5 anos, dona-de-casa, arquiteta de formação e blogueira por paixão. O blog "integralmente Mãe" nasceu assim que fui demitida (após ser mãe) e neste momento me descobri empreendedora digital e o blog "Integralmente Mãe" nasceu! Desde então, eu busco influenciar as mamães a optarem por melhores escolhas no exercício da maternidade. E ainda a empreenderem em casa ou em qualquer lugar! Por que é somente com esta liberdade que conseguiremos curtir de verdade nossa família e filhos!

Website: https://www.integralmentemae.com

    2 Comentários

    1. eu confesso que eu iria ser educadinha, ou comportadinha se minha mãe lesse essas dicas quando eu era bebe, mais melhorei kkk, a gente crescer e vai aprendendo as coisas! mais eu fico vendo meus videos e fotos antigas, e fico imaginando e morrendo de vergonha rsrsrs!
      amei, super vale a pena ler!
      https://bloganaaoliveiraa.blogspot.com.br/

    2. Pingback: Adolescência dos bebês: de onde vem as birras infantis?

    Deixe uma resposta

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.